terça-feira, 28 de outubro de 2008

Sarando as feridas da filha de Sião

As feridas emocionais geradas pelo desgaste das relações interpessoais em nossas igrejas tem atrapalhado a comunhão entre seus membros.

Pois antes de olharmos o outro como nosso irmão, o olhamos como ``causador de nossa ferida`` e cada vez que o olhamos temos a impressão de que a ferida está sendo aberta de novo.

Muitas das vezes, em meio a raiva e o sofrimento a pessoa que está ferida, sem se dar conta, passa a ferir outros que estão ao seu redor, o que gera um circulo vicioso que serve apenas para tirar o foco do verdadeiro objetivo da igreja na terra, que podemos encontrar em Mateus 28.19 : ``Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo;``.


A obra de evangelismo e missões fica em segundo plano,os joelhos ficam trementes; existe pregação mas como a ``terra`` (coração) não foi adubada de maneira adequada os frutos nascem, mas são fracos e não permanecem.

O que devemos fazer, então? Devemos clamar por perdão e arrependimento, pedir a DEUS que sare sua filha, que ELE sare ``quem fere`` e ``quem é ferido``, que todos possamos juntamente sentir nossas misérias, opróbrios, pecado e vergonha.

Para que a partir desta mudança ajustemos o nosso foco naquilo que realmente importa para o Reino de DEUS, pois o fim está perto e Jesus já vem, e o que temos feito??




Quem é sábio, para que entenda estas coisas? Prudente, para que as saiba? Porque os caminhos do Senhor são retos, e os justos andarão neles, mas os trangressores nele cairão.

Oséias 14. 9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado pelo comentário,
Deus te abençoe, estarei orando por sua vida !